Marginais da rodovia D. Pedro I

Marginais da rodovia D. Pedro I

As novas marginais da rodovia, quando concluídas, vão ampliar em 66% a capacidade de tráfego da D. Pedro I (SP-065) no trecho que corta área urbana de Campinas. A obra, que prevê investimento total de cerca de R$ 175,2 milhões (base Julho/2018), custeados pela Concessionária, vai ampliar as faixas destinadas ao tráfego de seis para dez, separar o tráfego rodoviário do tráfego urbano e beneficiar diariamente cerca de 125 mil usuários.

No total, o projeto prevê 36,2 km de vias marginais, que vão desde o km 129, trevo da Leroy Merlin, até o km 145+500, entroncamento com a rodovia Anhanguera. Serão implantados/remodelados e ampliados nove dispositivos de interseção com a D. Pedro I, como o Trevo de Barão Geraldo, já entregue.

Os trechos entre os km 129 e 143 da pista Norte (sentido Anhanguera) e do km 129 ao km 131 e do km 134 ao km 143 da pista Sul (sentido Jacareí) já foram concluídos e contribuíram para minimizar o registro de pontos de lentidão no local. Atualmente, os operários atuam no trecho entre os km 131 e km 134 (do Galleria à Gov. Adhemar de Barros) da pista Sul, com previsão de conclusão para abril/2019.

Na sequência, restará a execução do trabalho no trecho entre os km 143 e 145+500 da rodovia, em ambos os sentidos, com previsão de conclusão para março/2020.

 

 

 

Topo
  • compartilhe:
  • Compartilhar