Paulínia

> Eventos da Cidade
> veja todos os eventos

Paulínia

Impulsionada pela riqueza gerada por sua indústria petroquímica, Paulínia vem se destacando nos últimos anos pelo grande investimento em obras e eventos que, rapidamente, estão transformando a cidade em um dos principais polos turísticos da Região Metropolitana de Campinas.

Entre essas atrações, chama atenção o belíssimo Theatro Municipal, que recebe as principais atrações do circuito teatral nacional e também conta com apresentações internacionais.

Para quem prefere atrações voltadas ao meio ambiente, o destaque é o Mini Pantanal, que oferece ao visitante a oportunidade de conferir de perto uma diversificada flora e fauna às margens do Rio Atibaia.

Atrações turísticas

Theatro Municipal de Paulínia

Endereço: Avenida Prefeito José Lozano Araújo , 1551 - Parque Brasil 500
Telefone: (19) 3933-2140 / 3874-2680

Inaugurado em 2008, o Theatro Municipal Paulo Gracindo tem 12 mil m² de construção e é um dos símbolos da nova política desenvolvida pela cidade, que ano após ano vem se firmando como um dos mais importantes polos culturais do interior brasileiro.

O teatro destaca-se na paisagem local por sua arquitetura imponente, com longas pilastras na fachada que remontam ao estilo greco-romano.

Trata-se de um dos melhores e mais modernos espaços do país, com capacidade para receber público de 1300 pessoas. Já os artistas e músicos têm à disposição 30 salas de camarins, individuais ou coletivas, com ar condicionado e bancadas para maquiagem.

O espaço oferece ainda um amplo estacionamento ao público e foi construído de acordo com os padrões universais de acessibilidade para garantir o atendimento a pessoas com deficiência e com restrição de mobilidade.

Além de produções teatrais, o Theatro Municipal oferece ao público paulinense e de toda a região uma programação diversificada, que conta com óperas, espetáculos de dança e a exibição de filmes.

Concertos Paulínia

Desde 2009, os amantes da música clássica de Paulínia e região podem apreciar a série "Concertos Paulínia", que traz à cidade os mais renomados nomes da música mundial.

As apresentações, gratuitas, são realizadas no Theatro Municipal e já trouxeram à cidade a Filarmônica de Israel, sob regência do consagrado maestro Zubin Mehta; a Orquestra Sinfônica de São Petersburgo; e o maestro venezuelano Gustavo Dudamel.

Mini Pantanal

Endereço: Av. Luís Vicêncio, s/nº - Parque da Represa
Telefone: (19) 3884-6118 / 3884-6002
Horário de funcionamento: sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h30

O Mini Pantanal está localizado em uma área com 32 km², com características transitórias entre a Mata Atlântica e o Cerrado, que contribuíram para a formação de flora e fauna diversificadas.

O espaço conta com marrecos, quero-queros, frangos-d'água, talha-mares e um grande número de garças. Além disso, o visitante pode encontrar jacarés e capivaras no Mini Pantanal.

Pode ser apreciado em passeios de barco ou mesmo a pé, numa caminhada às margens do Rio Atibaia.

Parque Zeca Malavazzi

Endereço: Rua Álvaro Ribeiro, s/nº - Jardim Itapoan
Telefone: (19) 3874-1462
Horário de funcionamento: diariamente, das 7h às 18h

Uma área agradável para o visitante relaxar e esquecer da agitação do dia a dia. Trata-se de um parque ricamente arborizado, que oferece pistas para caminhada e cooper, além de um belo lago com pedalinhos.

Sambódromo

Endereço: Parque Brasil 500

Os foliões na Região Metropolitana de Campinas já elegeram o Carnaval de Paulínia como um dos mais animados do interior paulista. E o ponto onde a folia se concentra é o Sambódromo, localizado no Parque Brasil 500.

A programação oferece ao folião o desfile de escolas de samba e blocos carnavalescos, além de animados trios elétricos.

Principais acessos

A principal estrada de acesso a Paulínia é:

Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332)
Na pista norte (sentido Mogi Guaçu): km 121 e km 126
Na pista sul (sentido Campinas): km 120, km 122, km 126 e km 129

Histórico: Polo petroquímico impulsiona a "Hollywood brasileira"

Sede de um dos maiores polos petroquímicos da América Latina, Paulínia é hoje um dos municípios que mais cresce no território nacional e detentor da sétima maior renda per capta do país.

Quem acompanha o atual desenvolvimento da cidade sequer imagina que, até o início da década de 60, Paulínia era apenas um distrito de Campinas. Sua emancipação data de 28 de fevereiro de 1964.

A história de Paulínia remonta ao final do século XIX, quando a região que abrigaria o município contava com grandes fazendas, como a São Bento, Morro Alto, São Luís, Fortaleza, São Francisco, Santa Genebra. A maior delas era a Fazenda do Funil, pertencente a José Paulino Nogueira.

A partir de 1880, os fazendeiros da região iniciaram um movimento para construção de uma estrada de ferro que facilitasse o escoamento da produção agrícola de suas terras. O movimento resultou na criação da Companhia Carril Agrícola Funilense e na construção de uma ferrovia para ligar Campinas à Fazenda do Funil, que foi inaugurada em 1899.

Com o início de operação da nova ferrovia, várias estações foram criadas ao longo do percurso e cada uma foi batizada com os nomes de diretores e membros da própria Funilense. Assim, surgiram as estações Barão Geraldo, José Paulino Nogueira, João Aranha e Artur Nogueira.

Os bairros formados ao redor de cada estação passaram a ser conhecidos pelo nome dessas estações. Foi assim que surgiu a vila de José Paulino. Em 1944, a vila se transformou no distrito de Paulínia, ligado a Campinas até a emancipação de 1964.

Saiba mais

Área: 145 km²
População: 64.422 habitantes
Quem nasce em Paulínia é: paulinense
Principais atividades econômicas: indústria, refinaria de petróleo e comércio
Data de aniversário da cidade: 28 de fevereiro

Prefeito: Dixon Carvalho (PP)
Vice-prefeito: Sandro Caprino (PRB)
Presidente da Câmara: Dú Cazellato (PSDB)

Topo
  • compartilhe:
  • Compartilhar